18 de agosto de 2017

The Last Hangman


O drama biográfico inglês "The Last Hangman" ou "O lavador de almas" (2005) tem uma temática forte e muito bem abordada na película. Com excelente direção, o filme traz a angustia à flor da pele. O protagonista é intrigante e dicotômico. Aliás, impossível deixar de notar a excelente atuação de Timothy Spall. Há bons diálogos e a fotografia é feita sob medida. Na narrativa, Albert Pierrepoint (Timothy Spall) tentou evitar, mas terminou seguindo os passos de seu pai e tornou-se carrasco em 1934. Aos poucos seu conceito cresce, devido ao uso sofisticado e frio de seus métodos, o que o faz ser o mais respeitado e temido carrasco da Inglaterra. Quando abandonou a profissão, em 1956, Pierrepoint tinha mais de 600 execuções em seu currículo. Assista o trailer!

17 de agosto de 2017

Recital de piano e violão no CMB

Foto: Christian Maldonado

No dia 19 de agosto às 20h, o Centro de Música Brasileira (CMB) apresenta a pianista Maria Helena de Andrade e o violonista Paulo Porto Alegre (foto acima). No repertório obras de Chiquinha Gonzaga, Francisco Mignone, Guerra Peixe, Laurindo Almeida, Osvaldo Lacerda, Paulo Porto Alegre, Radamés Gnattali, Ricardo Tacuchian,Villa-Lobos e Zequinha de Abreu. As obras de Villa-Lobos farão referências ao alemão Bach, que o compositor considerava “o maior dos maiores dos mortais”; as de Camargo Guarnieri, ao russo Scriábin; as de Lacerda ao italiano Scarlatti e as de Mignone à música francesa. O recital festejará ainda o centenário do chorinho sapeca Tico-tico no Fubá de Zequinha de Abreu. Paulo Porto Alegre fará homenagem aos 100 anos de nascimento do compositor Laurindo Almeida. 



Maria Helena de Andrade é Mestre em Música pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, com tese sobre Francisco Mignone que escreveu uma Suíte especialmente para o assunto de sua tese. A apresentação é gratuita, então, anote aí: Dia 19 de agosto às 20h no Centro de Música Brasileira (CMB) que fica na Rua Ferreira de Araújo, 741 - Pinheiros - São Paulo.

16 de agosto de 2017

Iluminados

Foto: Divulgação

O Sesc Belenzinho inaugura, no dia 17 de agosto a exposição "ILUMINADOS - Experiências Pioneiras em Cinema Expandido". A mostra - com curadoria de Roberto Moreira S. Cruz - é uma antologia de obras pioneiras do cinema expandido, resultantes da experimentação da linguagem audiovisual, realizada entre os anos de 1960 e 1980, período em que os artistas se interessavam pelo entrecruzamento entre as artes visuais e o desenvolvimento das novas mídias. Segundo o curador, “ILUMINADOS" traz uma seleção de trabalhos, de fundamental importância histórica, que utilizam o cinema como forma de expressão artística, relacionando possibilidades de explorar os recursos da imagem em movimento, da linguagem audiovisual e os diversos dispositivos de projeção, elaborados pelos artistas no contexto embrionário da arte contemporânea”. Cinema expandido é o termo utilizado para tratar as muitas maneiras de trabalhar essa linguagem, ampliando-a e multiplicando-a para além da tela. Ao ser projetado em um espaço onde o espectador circula livremente, o filme ganha nova perspectiva, propondo narrativas descontínuas com outras formas de estímulos visuais e sonoros. E rompe com a obrigatoriedade de uma tela única e frontal, de um discurso audiovisual linear e sequencial. A exposição é composta por nove trabalhos que formam um mosaico de informação visual de artistas que pesquisavam essas interfaces, propondo formas originais, incomuns, não arbitrárias de criação, experimentando com a técnica e a forma da imagem e do som. Todas as obras foram produzidas em película. A mostra fica até o dia 15 de outubro, de terça a sábado, das 10h às 21h. Domingos e feriados, das 10h às 19h30 no Galpão e Espaço Expositivo do Sesc Belenzinho. O local fica na Rua Padre Adelino, 1000 - Belenzinho – São Paulo.

15 de agosto de 2017

Autobiografia Autorizada

Foto: Mauro Kury

Paulo Betti é generoso ao dividir com sua audiência relatos simples, mas embasados com um amor tão profundo que delineou toda sua história em “Autobiografia Autorizada”. Não à toa, prova do ser humano interessante que se consolidou. Com um texto leve e cativante, o ator nos relata seus deliciosos momentos de infância até os dias atuais, com sua sólida carreira. Personagens encantadores arrebatam nossas emoções e ficamos desejosos de conhecer um a um: seja pela sua mãe benzedeira, seja por sua avó e seus ensinamentos pitorescos. O cenário é despretensioso, pois o foco é a narrativa. Contudo, ele é de uma eficácia e bom gosto singular. Sem falar nas fotos antigas que dão o toque final, como se fossem a cereja do bolo. A narrativa que por vezes convida o espectador a pura imaginação é recheada com detalhes primorosos que nos perdemos (ou nos encontramos) em nossas próprias infâncias. O texto tem força, mas também candura. Um luxo!

Betti interpreta histórias que viveu e ouviu na infância e adolescência. São passagens que ficaram registradas em sua memória e em anotações que fazia sobre tudo que acontecia à sua volta, em busca de compreender a própria vida. Os textos eram anotados em grandes blocos onde também fazia colagens de fatos da época. Este “livro” de memórias compõe a cena do espetáculo. A história dele começou no mundo rural onde o avô, um imigrante italiano, trabalhava como meeiro para um fazendeiro negro, em Sorocaba (SP). Paulo é o décimo quinto filho, temporão, com 10 anos de diferença do irmão mais novo. Um espetáculo que realmente vale à pena ser visto!


“Autobiografia Autorizada” fica no Teatro Vivo (Av. Dr. Chucri Zaidan, 2460. Vila Cordeiro. São Paulo/ SP) até o dia 1º de outubro todas às sextas (21h30), sábados (21h) e domingos (18h).

Em busca da viagem eterna

Foto: Divulgação

O BIKE se prepara para sua primeira turnê européia e apresenta seu segundo álbum, "Em Busca da Viagem Eterna", que traz sonoridade psicodélica sensorial e leva o ouvinte a uma viagem cósmico-caótica, guiada por letras lisérgicas, guitarras reverberadas e cheias de delay. O disco foi mixado e masterizado por Rob Grant que já trabalhou com artistas como Tame Impala e Miley Cyrus, no Poons Head Studio, na Austrália. A banda é composta por Julito (guitarra e voz), Diego Xavier (guitarra e voz), Rafa Bulleto (baixo e voz) e Daniel Fumega (bateria). A estreia do álbum acontece no Sesc Belenzinho no dia 18/08, às 21h. O Sesc Belenzinho fica na Rua Padre Adelino, 1000 - Belenzinho – São Paulo.

14 de agosto de 2017

42,195


Com leve toque de humor, o autor de "42,195 - a Maratona de desafios que superei nos meus 42 Anos e 195 dias de vida por meio da corrida" relata sem firulas os seus conflitos e superação física e de saúde. O leitor não deve esperar uma literatura admirável nessas entrelinhas, mas há veracidade nelas. Fauzer Simão Abrão Júnior não se despe por completo, mas o que lemos já é o suficiente para se construir uma clássica narrativa de um destemido personagem. Há conflitos e dilemas claros, mas não emociona. Na narrativa, em 2 de dezembro de 2010, data em que o autor completou 42 anos e 195 dias de vida, ele escreve as últimas linhas do livro. Comparando a vida à uma ultramaratona, o livro relata as passagens marcantes e difíceis que ele viveu na primeira “Maratona” de sua vida, com o objetivo de eternizá-las. Tendo encontrado forças para vencer os desafios na corrida e no apoio da família, Fauzer conta as lições que aprendeu com as dificuldades superadas. "42,195" tem uma leitura clara e fácil.

11 de agosto de 2017

Jack the Giant Slayer


A aventura americana "Jack the Giant Slayer" ou "Jack, o caçador de gigantes" (2013) é, literalmente, uma aventura cem por cento do tempo. Além dos excelentes efeitos especiais, a história tem boa estrutura e envolve a audiência pela fantasia e fábula. Os personagens são clichês, claro, mas atende ao gênero proposto. Na trama, Jack (Nicholas Hoult) é um fazendeiro que adquire grãos de feijão com a única recomendação de que não devem ser molhados. Obviamente, isto acaba ocorrendo e criando um enorme pé de feijão que vai dar em um mundo de gigantes. Em meio a tudo isso, a princesa Isabelle (Eleanor Tomlinson) é sequestrada pelos gigantes e Jack se unirá ao Rei (Ian McShane) numa cruzada para a salvar a jovem. Assista o trailer!