21 de abril de 2017

Nando Cordel


Até o dia 23 de abril às 19h15, a Caixa Cultural São Paulo apresenta Nando Cordel – Grandes Sucessos comemorando os 30 anos de carreira desse grande músico e compositor pernambucano. Nando Cordel estará na voz e violão e vai se apresentar com a sua família: Tatuana Cordel (Baixo),Tauã Cordel (Bateria), Leo Lima (Sanfona) e Caiã Cordel (Percussão). O cantor e compositor pernambucano, Nando Cordel completa 30 anos de carreira e tornou-se ao longo dos anos um dos grandes nomes da música popular brasileira. Já lançou 25 CDs, inúmeras composições e sucessos como "De Volta Pro Aconchego", "Isso aqui tá bom demais" e "Gostoso demais". O show tem entrada franca. A Caixa Cultural São Paulo fica na Praça da Sé, 111 – São Paulo/SP.

20 de abril de 2017

Quaternaglia

Foto: Gal Oppido

Dia 28 de abril, às 21h, o Quaternaglia comemora 25 anos em show no Auditório Ibirapuera. No repertório obras de Bernstein, Egberto Gismonti, Paulo Bellinati, Ronaldo Miranda, Sergio Molina, Marco Pereira e Christian Dozza. O Quaternaglia é formado pelos violonistas Chrystian Dozza, Fabio Ramazzina, Thiago Abdalla e Sidney Molina. O grupo utiliza três violões de seis cordas e um violão de sete cordas especialmente construídos pelo luthier brasileiro Sérgio Abreu. Além de inúmeras apresentações por todo o país, eles estiveram várias vezes nos Estados Unidos, Austrália, Portugal, Espanha, Uruguai, Argentina e em uma viagem histórica em Cuba com Leo Brower de anfitrião. Entre os prêmios: “Ensemble Prize” no “Concurso Internacional de Violão de Havana” e "Prêmio Carlos Gomes" como "melhor grupo de câmara do ano" com o CD Antique, contendo transcrições de obras renascentistas e barrocas. O Auditório Ibirapuera - Oscar Niemeyer fica na Av. Pedro Álvares Cabral, Portão 2, parque Ibirapuera, São Paulo, SP.

19 de abril de 2017

Os que Voltaram para Contar


Radicado nos Estados Unidos, o paulista Admir Serrano lança no dia 25 de abril o livro "Os que Voltaram para Contar" na Livraria Saraiva do Shopping Center Norte, às 19h30. Pesquisador e divulgador do espiritismo, o autor aborda um tema misterioso e de interesse de pessoas espíritas e de outras religiões, a EQM (Experiência Quase-Morte), por meio de histórias reais de pessoas que tiveram a experiência. Com embasamento científico, Serrano discute questões como a vida após a morte, a imortalidade da alma e a possibilidade de deixar o próprio corpo, entre outras. Admir Serrano, natural de Bocaina (SP), é palestrante e atinge um público de mais de 20 mil espíritas por ano no Brasil. É o principal divulgador do espiritismo nos EUA, sendo colaborador do Centro Espírita Bezerra de Menezes, em Miami. Seus livros lançados são: "Morrer Não É o Fim", "Sua Mala Está Pronta?", "Nos Portais do Além" e "Os que Voltaram para Contar". "Os que Voltaram para Contar" traz histórias reais de pessoas que literalmente voltaram para contar visões e encontros que tiveram em outros planos, estudadas e vivenciadas pelo autor. Admir Serrano busca esclarecer, na medida do possível, o misterioso fenômeno conhecido como EQM (Experiência Quase-morte). Entre os relatos, histórias de pessoas que deixaram seu corpo, viram vidas futuras, encontraram Jesus; de crianças que viram a própria morte, de deficientes visuais que foram capazes de vivenciar uma EQM a partir de seus sentidos saudáveis e outras impressionantes histórias. O livro ajuda a compreender melhor como o fenômeno ocorre, quais as suas fases, qual o papel da consciência no momento dessas experiências, o que a ciência sabe sobre isso e quais seus questionamentos, entre outras curiosidades. Perguntas ainda sem respostas continuam permeando a surpreendente discussão sobre outras vidas, EQMs e suas infinitas possibilidades. 

18 de abril de 2017

Recital do Centro de Música Brasileira


No dia 22 de abril às 20h, o Centro de Música Brasileira (CMB) apresenta o uruguaio Oscar Bohorquez ao violino solo e o duo Adriana Holtz ao violoncelo e Karin Fernandes (foto) ao piano. No repertório obras de Ernani Aguiar, Flausino Vale, Francisco Mignone, Henrique Oswald, Osvaldo Lacerda e Villa-Lobos.  O violinista Oscar Bohorquez é radicado na França. Estudou nos Estados Unidos e Áustria e estreou na Orquestra Filarmônica de LondresA violoncelista Adriana Holtz é integrante da OSESP desde 1997. É bacharel em licenciatura em música pela USP e mestra pela Universidade Federal da Bahia. A pianista Karin Fernandes foi premiada em 21 concursos. Como primeira colocada em 1999 do “X Prêmio Eldorado de Música”. Já se apresentou em todas as regiões brasileiras e também na Argentina, Paraguai, Portugal, Inglaterra e França. Possui 11 CDs gravados. Na temporada serão realizados 8 concertos durante o ano com um vasto repertório de compositores eruditos brasileiros interpretados por grandes músicos de vários de instrumentos: clarineta, cravo, fagote, flauta, piano, trompa, viola, violino e violoncelo, ainda canto, coral e orquestra. O concerto acontece no Centro Britânico Brasileiro. Grátis!

17 de abril de 2017

Por que você não me aceita assim?


O livro "Por que você não me aceita assim?", de Helme Heine é lindo. A história é questionadora e faz a criança pensar nas diferenças, divergências e o por quê não aceitá-las com naturalidade? Uma escrita simples e orgânica, mas que as ilustrações já traduzem a sua essência. Na proposta narrativa, o leitor vai saber que existem ovelhas brancas e negras. Precisamos uns dos outros, senão a vida seria uma chatice. Super-indico!

14 de abril de 2017

Jumper


A ficção científica "Jumper" (2008) tem muita ação. O personagem principal é bem construído e talvez por isso o inicio do filme seja bastante envolvente. A historia além de ser original, é bem estruturada. A película ainda conta com uma excelente direção e efeitos especiais assertivos. Na narrativa, David Rice (Hayden Christensen) é um "jumper", alguém capaz de se teleportar para qualquer lugar do planeta que queira. Ele usa seus poderes para se divertir, até que um dia descobre que está sendo perseguido por uma organização secreta, que pretende matar todos os Jumpers. A partir de então David se une a outro jumper e passa a enfrentar uma guerra que já existe há milhares de anos. Uma curiosidade: Os produtores conseguiram permissão para rodar no interior do Coliseu durante 3 dias. A única condição era de que nenhum equipamento fosse apoiado no chão. As filmagens ocorreram em plena madrugada para que não atrapalhassem os turistas. Assista o trailer!

13 de abril de 2017

Refluxo


Em cartaz no Mezanino do Centro Cultural Fiesp o suspense comico-dramático o espetáculo "Refluxo". O texto inédito de Angela Ribeiro foi desenvolvido durante a 7ª turma do Núcleo de Dramaturgia do SESI – British Council (vencedor do 28º Prêmio Shell de Teatro na categoria Inovação). Eric Lenate é o diretor-cenógrafo. "Refluxo" exibe um olhar incomodado sobre a sociedade contemporânea. Na história, Dário (Maurício de Barros) é um ascensorista que trabalha em um prédio de classe média decadente onde todos acham que suas próprias inquietudes são sempre as mais insuportáveis. Naquele dia, em especial, dois incidentes atravessam seu trajeto até o trabalho: uma obstrução monstruosa nas linhas do metrô e uma árvore que cai em frente ao prédio. De um ninho da árvore, ele recolhe um pássaro, uma espécie de esperança que tenta preservar neste dia estranho, permeado por moradores que transitam entre o extremo da violência e a conveniente generosidade. Algo muito terrível está acontecendo. Ninguém sairá imune, impune. O espetáculo fica em cartaz no Centro Cultural Fiesp até 2 de julho, de quarta a sábado, às 20h30e domingo, às 19h30. A entrada é gratuita.