30 de dezembro de 2015

Um 2016 excepcional!


A Equipe do Blog Má Influência de Sofia deseja a todos os leitores um Ano Novo excepcional! 

Voltaremos em 11 de janeiro de 2016.

29 de dezembro de 2015

Contraband


Com uma história mediana, mas bem estruturada, o suspense Contraband ou Contrabando (2012) tem seus conflitos bem definidos. Tem ação para quem gosta dessa pegada mais aventuresca, mas o final é previsível. Na trama, Chris Farraday (Mark Wahlberg) já tinha largado a vida de contrabandista, mas Andy (Caleb Jones), o irmão de sua esposa Kate (Kate Beckinsale), se meteu numa jogada e perdeu a mercadoria. Agora, ele precisa voltar à ativa para recuperar o prejuízo porque Tim Briggs (Giovanni Ribisi) e seus capangas, começam a ameaçar sua esposa e a família. Começa então um forte pressão e Chris vai precisar de toda a sua experiência e contatos para vencer essa corrida contra o relógio e pagar uma dívida de milhões de dólares. Uma curiosidade: a película é uma refilmagem do suspense de ação Reykjavik-Rotterdam, coprodução de 2008 realizada pela Islândia, Alemanha e Holanda. Assista o trailer!



28 de dezembro de 2015

Les Petits princes


Baseado em história real, a comédia dramática francesa Les Petits princes ou Pequenos Principes (2013) tem uma história com excelente ritmo, boa fotografia, direção de arte assertiva e uma sensível direção. O drama é bem construído com personagens e seus dilemas bem próximo à audiência. Um clímax sob medida. E, para condecorar a película, uma resolução da trama perfeita. Na narrativa, JB tem dezesseis anos e é a maior promessa de uma escolinha de futebol. Habilidoso com a bola nos pés, ele precisa equilibrar a competição, as amizades, as rivalidades e seu interesse em Lila, uma jovem artista. Além disso ele tem um segredo, que se revelado pode pôr tudo a perder. Confira o trailer!


23 de dezembro de 2015

Um bom Natal!




22 de dezembro de 2015

Unaccompanied Minors



A película Unaccompained Minors ou Menores desacompanhados (2006) é uma comédia forçada. A história é óbvia e previsível. Não tem a construção de apelo emocional algum, apesar do universo natalino em voga. Os personagens são caricatos, mas, como trata-se de uma comédia/ aventura familiar, talvez as crianças, em sua ingênua audiência, não percebam meros detalhes e se divirtam bastante. Na narrativa, uma inesperada nevasca na véspera do Natal obriga o fechamento de um aeroporto, prejudicando os planos de todos os passageiros. Entre eles estão os irmãos Spencer (Dyllan Christopher) e Katherine (Dominique Saldana), que, a caminho da casa do pai, aguardam na área especial para menores desacompanhados, no próprio aeroporto. Neste local estão dezenas de crianças, de todos os cantos do país. Cansado de esperar, Spencer decide deixar o local em que estão. Ele lidera um grupo que conta ainda com a rica e mimada Grace (Gina Mantegna), a estranha Donna (Quinn Shephard), o gênio Charlie (Tyler James Williams) e o fanático por quadrinhos Timothy (Brett Kelly). Confira o trailer!



21 de dezembro de 2015

Lucía Soledad Spivak


Com uma voz refinada, a cantora Lucía Soledad Spivak  traz em seu repertório uma mistura de MPB com ritmos de países latinos e influência que das músicas africana, europeia e estadunidense. Natural de Buenos Aires, um estilo eclético e versátil, Lucía é afinadíssima com a musicalidade internacional. A paixão pela cultura brasileira e o amor pelas suas raízes latino-americanas, marcam o timbre da sua voz e os ritmos que explora. Uma delícia de se ouvir! Confira abaixo a gravação do disco En Meio com a canção Milagreiro.




18 de dezembro de 2015

Io e te


A película italiana Io e te ou Eu e você (2012) é bem dirigida. Além disso, tem uma excelente trilha sonora. Uma história simples e verossímil que revela os sentimentos e segredos de maneira natural. Na narrativa, Lorenzo (Jacopo Olmo Antinori) tem 14 anos e elaborou um plano para que possa passar as férias de verão sozinho no porão do seu prédio. Ele planejou tudo: onde vai dormir, o que fazer e já há algum tempo está estocando comida no local. A ideia é que sua mãe pense que ele está numa viagem de colégio, de forma que não o aborreça durante este período. O que ele não contava era que sua meia-irmã Olivia (Tea Falco) surgisse de repente, acabando com a paz do garoto. Viciada em drogas e buscando um lugar para ter um pouco de paz, Olivia acaba chantageando Lorenzo para que fique com ele no porão. É bom que se diga que Eu e você é o primeiro filme dirigido por Bernardo Bertolucci desde Os sonhadores. Foram nada mais, nada menos do que nove anos sem lançar um novo longa-metragem. Confira o trailer!



17 de dezembro de 2015

The Fifth Estate


Com uma história forte, o drama biográfico americano The Fifth Estate ou O quinto poder (2013) tem bons personagens, excelente diálogos e prende a atenção da audiência. As cenas simbólicas levam ao clímax perfeito do filme. Os dilemas e conflitos são bem trabalhados. Na narrativa, ao fundar o polêmico website WikiLeaks, Julian Assange (Benedict Cumberbatch) contou com o apoio do amigo Daniel Domscheit-Berg (Daniel Brühl). Com o crescimento do site e do grau de influência de Assange, a relação entre os dois acabou bastante abalada. Carice van Houten, Laura Linney e Anthony Mackie completam o elenco. Uma curiosidade: Daniel Domscheit-Berg tem participação dupla no longa, além de ser autor de um dos livros em que se baseou o roteiro, ele é um dos personagens da história. Daniel Brühl foi escolhido para interpretá-lo. Assista o trailer!



16 de dezembro de 2015

Sem deixar rastros


O livro Sem deixar rastros, de Harlan Coben é um emaranhado de tramas que prende a atenção do leitor do inicio ao final. Coerente e equilibrado, a história tem bons personagens. Na narrativa, Myron Bolitar parecia destinado a uma carreira de sucesso na NBA quando uma lesão no joelho o afastou definitivamente das quadras. Dez anos depois, o agente esportivo que atua como detetive nas horas vagas é convidado para desvendar um mistério: seu principal adversário na época de faculdade desapareceu sem deixar rastros pouco antes das finais do campeonato nacional. Com a ajuda de seus fiéis companheiros, Myron tenta desvendar a façanha do desaparecimento. É bom que se diga que o mundo dos personagens é bem construído com detalhes que além de fazer a diferença na trama, traduz a realidade do basquete. A leitura é rápida, fácil e envolvente. Para quem gosta do gênero, uma boa pedida.

15 de dezembro de 2015

Ponte aérea


O brasileiríssimo Ponte aérea (2015) além de sensível, é uma delícia de se assistir. O romance conta com uma sólida construção de personagens, belos conflitos e boas atuações. Além disso, a película é bem dirigida e tem uma bela fotografia e direção de arte. Na narrativa, um voo do Rio de Janeiro para São Paulo tem seu curso desviado para Belo Horizonte, devido à forte chuva que castiga a capital paulista. Diante do imprevisto, os passageiros são hospedados em um hotel para que, na manhã seguinte, sigam para São Paulo. Entre eles estão o carioca Bruno (Caio Blat) e a paulista Amanda (Letícia Colin), que se conhecem no hotel. Após um rápido flerte, eles passam a noite juntos mas se desencontram no dia seguinte, já que Bruno pega um voo logo cedo. Já em São Paulo, ele a procura bem no dia em que é promovida na agência de publicidade em que trabalha. Aos poucos o sentimento entre eles se intensifica, mesmo que tenham que lidar com as dificuldades dos 432 quilômetros de distância entre as cidades que vivem. Como curiosidade, o roteiro foi feito a oito mãos. O argumento escrito por Julia Rezende e Rafael Pitanguy levou levou três anos até ser concluído. Posteriormente, L.G. Bayão entrou para a equipe de roteiristas, que contou ainda com a colaboração de Patrícia Corso. Confira o trailer!



14 de dezembro de 2015

Puncture


O suspense americano Puncture ou Código de honra (1992) tem excelente construção de mundo e personagens. A história tem bom ritmo em sua narrativa e tema abordados. Os diálogos tem certa profundidade nas entrelinhas. Além disso, é bem dirigido e produzido. Na trama, Mike (Chris Evans) e Paul (Mark Kassen) são advogados e sócios. O primeiro tem uma vida  marcada pelo vício em drogas, já o segundo leva uma vida familiar estável. Os dois aceitam o caso de Vicky Rogers (Vinessa Shaw), uma enfermeira contaminada pelo vírus HIV através de uma agulha contaminada. Com a ajuda de um engenheiro, esta mulher desenvolveu um novo tipo de agulha, que se retrai em caso de introdução forçada, mas ninguém comprou a patente da invenção. Mike e Chris decidem levar o caso aos tribunais, enfrentando uma das companhias médicas mais poderosas, defendida por um advogado renomado. Uma curiosidade: o filme é baseado em uma história que realmente aconteceu. Os dois advogados reais deram total apoio à versão cinematográfica de sua batalha contra a indústria das agulhas cirúrgicas. Confira o trailer!

11 de dezembro de 2015

Syngué sabour


Com uma produção afegã, francesa e alemã, a película Syngué sabour ou A pedra de paciência (2012) é um excelente drama e imperdível filme. Os dilemas são interessantes. A abordagem de mundo e personagens são singulares. A história é envolvente e prende a audiência. E digo mais, além de orgânica, tem um ponto de vista delicado e ao mesmo tempo sofrido. O final surpreende. Na narrativa que acontece no Afeganistão, um herói de guerra em estado vegetativo, após um acidente em que levou uma bala no pescoço, é abandonado pelos companheiros do Jihad e por seus irmãos. Sua mulher o observa em um quarto decadente e começa uma confissão solitária, falando sobre sua infância, seus sofrimentos, sua solidão e seus sonhos. Por meio de suas palavras para o marido, ela procura um caminho para recomeçar a vida. A película foi representante oficial e pré-indicado do Afeganistão para o Oscar de Filme Estrangeiro do 85º Academy Awards 2013. Para os cinéfilos de plantão, digo, vale muito à pena assisti-lo. Confira o trailer!



10 de dezembro de 2015

The Preacher's Wife


Com uma história leve e graciosa, a película The Preacher's Wife ou Um anjo em minha vida (1996) tem um roteiro mediano, mas que cumpre o objetivo do gênero proposto. O romance tem humor na dosagem certa. Na história, o dedicado reverendo Henry Biggs (Courtney B. Vance) sente que seu casamento com Julia (Whitney Houston) atravessa uma crise, em virtude dele não ter muito tempo para a família, pois os problemas dos membros da sua igreja o deixam muito ocupado. Assim ele pede ajuda para Deus, que lhe manda Dudley (Denzel Washington), um anjo que acaba atraindo a atenção de Julia e criando novos problemas entre o casal. Além disto, um especulador imobiliário pretende demolir a igreja para construir um shopping center e uma área de lazer, trazendo ainda mais problemas para o Reverendo Biggs. Confira o trailer!



9 de dezembro de 2015

Wakolda


O premiado drama histórico Wakolda ou O médico alemão (2012) tem uma história instigante que prende a audiência do inicio ao fim pela curiosidade de como será seu fim. Pelo menos na ficção e sem versões oficiais da trama real. A película tem uma interessante abordagem, bem como excelentes atuações e direções. A fotografia e a trilha sonora são consistentes. Aliás um belo trabalho em conjunto com as produções francesa, argentina, norueguesa e espanhola. Um drama com certo suspense. Em sua narrativa, enquanto atravessa a região desértica da Patagônia, em 1960, uma família argentina conhece um médico alemão que aceita ajudá-los. Chegando em Bariloche, ela torna-se hóspede da hospedaria familiar. Todos gostam dos bons modos e conhecimentos científicos deste homem, que se mostra muito preocupado com Lilith, garotinha com um pequeno problema de crescimento. Mas todos ignoram que este homem é Josef Mengele, cientista nazista que realizou experimentos com humanos no campo de concentração de Auschwitz. A película foi escolhida como representante oficial da Argentina na disputa pelo Oscar de melhor filme estrangeiro em 2014, além disso foi exibido no festival de Oslo e no festival de Cannes, na seleção Um Certo Olhar, em 2013. Confira o trailer!

8 de dezembro de 2015

The Baby Sellers


O drama/ policial americano The Baby Sellers ou Tráfico de bebês (2013) tem um tema revoltante, mas com uma abordagem fraca. O roteiro tem conflitos crescentes, mas sem envolvimento emocional algum frente à audiência. Os diálogos são péssimos. A direção não surpreende. Na narrativa, Carla (Kirstie Alley) é a respeitada dona de uma agência de adoção que ajuda os pais a realizar seu sonho de ter uma família. No entanto, por trás de sua falsa inocência, Carla opera um terrível negócio: conseguir crianças a qualquer preço para vendê-las. Assista o trailer!



7 de dezembro de 2015

A mordida da manga


Com uma história poderosa e ao mesmo tempo emocionante, as autoras Mariatu Kamara e Susan McClelland compartilham com o leitor um drama de vida real dentro de um contexto histórico recente com muita profundidade e desprovida de autopiedade. Um livro de leitura obrigatória. Dolorido, com certeza, mas ao mesmo tempo nos faz refletir nos nossos atos e na responsabilidade pelo nosso semelhante, mesmo que estejamos tão distantes deles. Na narrativa, uma história de persistência e superação na luta para sobreviver às atrocidades que a protagonista (e uma das autoras) sofreu durante a Guerra Civil em Serra Leoa entre os anos de 1991 e 2002. Um relato doloroso de uma criança, mas, ao mesmo tempo, cheio de esperança e inspiração, que comprova o quanto a vontade humana é capaz de superar as piores adversidades. Diria, sem sombra de dúvidas, se alguém próximo a mim algum dia se queixar da vida que leva e/ou se vitimizar por algo que lhe aconteceu, não pensaria duas vezes para presentear esse alguém com A mordida da manga, pois tenho certeza que em dois tempos eles refletirão que o que estão passando não é absolutamente nada perto do que Mariatu passou. O livro tem fácil leitura e quando o leitor percebe já está no final, pois além de dinâmica, a história como um todo nos envolve. Mais do que recomendado!


4 de dezembro de 2015

The Other Woman


Engraçada e divertida a comédia americana The Other Woman ou Mulheres ao ataque (2014) tem bons plots e boas cenas. Cumpre o objetivo de entreter. A história tem ritmo. Na narrativa, quando Carly (Cameron Diaz) descobre que seu namorado, Mark (Nikolaj Coster-Waldau), é casado com outra mulher, Kate (Leslie Mann), as duas se unem contra ele em nome da vingança. Uma estranha amizade começa a nascer entre elas, mas a situação fica ainda pior quando elas descobrem que uma terceira mulher está envolvida, a jovem Amber (Kate Upton). Logo, a terceira pretendente se une ao grupo, para dar uma lição no marido infiel. Assista o trailer!

3 de dezembro de 2015

Fargo


Com gestos de humor contidos, a premiada película norte-americana Fargo (1996) tem poucas falas e isso dá o tom da trama. Nela há uma excelente construção de personagens e conflitos. A trilha sonora nos traz o mundo de Dakota do Norte. A bela fotografia instiga a audiência. O sangue na imensidão do branco acentua vibrantemente o drama, ora suspense, ora policial. Na narrativa, em 1987 em Fargo, no Dakota do Norte, o gerente (William H. Macy) de uma revendedora de automóveis, ao se ver em uma delicada situação financeira, elabora o seqüestro da própria esposa (Kristin Rudrud). Ele faz um acordo com dois marginais que ganhariam um carro novo e metade dos 80 mil dólares que seriam pagos pelo seu sogro, um homem muito rico. Mas uma série de acontecimentos não previstos cria logo de início um triplo assassinato e uma chefe de polícia grávida (Frances McDormand) tenta elucidar o caso, que continua provocando mais mortes. Como curiosidade, apesar do filme declarar ser baseado numa história verídica, a história dele foi elaborada pelos próprios irmãos Joel e Ethan Coen, roteiristas do filme. Assista o trailer!

2 de dezembro de 2015

Sabedoria dum Pobre


O livro Sabedoria dum Pobre, de Elói Leclerc, é repleto de ensinamentos simples, mas de uma profundidade suprema. Alguns erros de digitação na leitura foram encontrados, mas não tira o brilho da obra de vida de São Francisco de Assis. O livro nos revela o quanto a humanidade ainda não descobriu o filão da riqueza: continuamos "pobres" de nossas obras, de mãos vazias, pelos caminhos da mediocridade. Lê-lo é aprender a "sabedoria" que ele, da cátedra de Assis, ensinou a humanidade. E há de ser na medida em que cada um de nós se desprender de tudo, que será rico, na medida em que aprender a amar, que será sábio, qual outro Francisco de Assis. Ou seja, em outras linhas, é um livro reflexivo em sua simplicidade. Com vários exemplos de histórias acessíveis, nós aprendemos a essência desse ser magnifico que foi São Francisco de Assis. É um pequeno recorte da linda e extensa obra de sua vida, um encontro com Irmã Clara, Frei Leão e Tancredo, além de outros personagens. Uma leitura fácil, rápida e, claro, imperdível!


1 de dezembro de 2015

Night Train to Lisbon


A produção alemã, suiça e portuguesa Night Train to Lisbon ou Trem noturno para Lisboa (2013) tem um inicio de história bem criativo. Instigante a construção da relação do professor com a descoberta do escritor revolucionário. Segredos revelados em poesia. Sentimentos do passado descobertos em bons conflitos. Apesar dos flashbacks, a história tem ritmo. Na narrativa da obra, o professor suíço Raimund Gregorius abandona suas palestras e sua vida conservadora para embarcar em uma emocionante aventura que o levará em uma jornada ao seu próprio coração. Uma película ganhadora de 3 prêmios. Confira o trailer!

30 de novembro de 2015

Antonio Vieira: Do Tejo Ao Amazonas


Amanhã às 19h30 acontecerá o lançamento do CD-Livro Antonio Vieira: Do Tejo Ao Amazonas no MIS – Museu da Imagem e do Som com a apresentação da obra musical concebida por Anna Maria Kieffer a partir de excertos de 6 sermões do Padre Antonio Vieira. Aém disso, há a composição eletroacústica de Vanderlei Lucentini e participação especial do ator português Luís Lima Barreto. A obra, com cerca de 60 minutos de duração, foi composta para: um ator-recitante, três cantores solistas, coro masculino, coro misto sob regência de Vitor Gabriel, percussão e música eletroacústica. Os trechos do texto original de Vieira são acompanhados e entremeados de música, incluindo adaptações de canto gregoriano, citações de música brasileira do período colonial, música tradicional indígena, além de cantos compostos especialmente para os personagens que Vieira cita e aos quais dá voz no corpo de seus sermões. Todas essas diferentes modalidades de expressão musical são mescladas à música eletroacústica composta por Vanderlei Lucentini, com o objetivo dar unidade à obra e propor uma leitura musical contemporânea dos textos de Vieira. Para os mais desavisados, Padre Antonio Vieira é o inspirador deste projeto. O religioso nasceu em Lisboa, em 1608, tendo vindo para o Brasil com a família aos seis anos de idade. Considerado pelo poeta Fernando Pessoa como “o imperador da língua portuguesa”, foi pregador, diplomata, político e uma das mais importantes e internacionais figuras luso-brasileiras do século 17. Viveu muitos anos no Brasil, em diversas ocasiões, no Pará, Maranhão, Ceará e na Bahia, onde redigiu os últimos sermões e faleceu em 1687. Quem puder, vale à pena prestigiar o lançamento dessa obra. Fica a dica!

27 de novembro de 2015

Madame Bovary


O drama/ romance Madame Bovary (2000) tem uma história assertiva e uma bela produção. Não podemos deixar de notar o figurino bem feito. Além disso, a interpretação de Frances O'Connor é bem delineada, trazendo à tona todo o "sentir" do seu personagem. Um luxo, diria! A narrativa acontece no interior da França, na primeira metade do século XIX. Emma Rouault (Frances O'Connor) estava em um convento quando seu pai a visita e comunica que a mãe dela tinha morrido. Logo ela comete propositadamente pequenas falhas, o suficiente para sair do convento, e passa a viver na propriedade de seu pai. Emma precisa administrar a fazenda quando seu pai cai de uma árvore e fratura o fêmur. Paralelamente ela aceita se casar com o médico que cuidou dele, Charles Bovary (Hugh Bonneville), e assim se torna a Madame Bovary. Emma se entedia com sua pacata vida e ocupa a mente com fantasias eróticas retiradas dos romances que lê. O inevitável acontece e ela quebra o juramento de fidelidade com Rodolphe e depois com Leon (Hugh Dancy). Para pagar seu estilo de vida ela começa a dilapidar o patrimônio de Charles. Confira o trailer!




26 de novembro de 2015

Mallu Magalhães


Descobri a cantora e compositora Mallu Magalhães outro dia. É uma jovem cantora paulista que desde cedo caçava LP's na casa da avó e foi influenciada pelos seus pais na música. Ela compõe suas próprias músicas, grande parte escrita em inglês, e no seu último álbum intitulado Pitanga, ela revela uma sonoridade moderna, inédita, brasileira, mas ao mesmo tempo universal. Uma voz gostosa, uma melodia com personalidade e um ritmo impecável. Uma delícia de se ouvir! A obra de Mallu é completamente virtual. Ouça uma amostra do seu lançamento Pitanga!

25 de novembro de 2015

The Hot Chick


A comédia americana The Hot Chick ou Garota Veneno (2002) seria uma completa perda de tempo se a atuação de Rob Schneider não fizesse valer à pena. E, é bom que diga-se, guardada suas devidas proporções e pelo gênero proposto. Pelo menos, com a atuação dele temos menos a sensação de perda de tempo. Na história há algumas situações engraçadas que vez por outra garantem o riso. Mas só. Na narrativa, Jessica (Rachel McAdams) é uma garota extremamente popular, bonita e também cruel, que se acha superior a todas as pessoas com as quais convive. Sua vida muda drasticamente quando, repentinamente, acorda no corpo de Clive (Rob Schneider), um frentista que tem em torno de 30 anos e é considerado por todos como sendo um grande perdedor. Desesperada para retornar à antiga forma, agora ocupada por Clive, ambos passam por estranhas situações no novo visual que agora possuem. Este é o 6º de 12 filmes em que Adam Sandler e Rob Schneider atuam juntos. Confira o trailer!



24 de novembro de 2015

Höstsonaten


O drama francês/ alemão/ suéco Höstsonaten ou Sonata de outono (1978) tem excelentes atuações. Na atuação de Ingrid Bergman reconhecemos claramente a decadência de um belo personagem. Já na atuação de Liv Ullmann, a atriz cresce, fica gigante em seu papel e, claro, é visível a mudança do arco do personagem. Além disso, a película conta com uma bela direção de arte. O roteiro tem conflitos estruturados, profundos e com grande teor psico-comportamental. Os diálogos são inteligentes e as cenas tem clímax perfeitos em cada uma delas. Na narrativa, após ter sido uma mãe ausente por anos, Charlotte (Ingrid Bergman), uma renomada pianista, vai até a casa de sua filha Eva (Liv Ullmann) para lhe fazer uma visita. Ela se surpreende ao encontrar sua outra filha, Helena (Lena Nyman), que tem problemas mentais. Eva tirou Helena da instituição que Charlotte a havia internado para cuidar dela em casa. A tensão entre mãe e filha começa a crescer devagar até elas colocarem tudo em panos limpos, dizendo tudo que sempre gostariam de dizer. O filme foi filmado na Noruega, durante o exílio de Ingmar Bergman da Suécia. O diretor estava sendo acusado de sonegar impostos em seu país natal. Além disso, esta foi a última aparição da atriz Ingrid Bergman num filme exibido nos cinemas. Ela ainda viria a atuar em mais um longa, Golda, de 1982, feito exclusivamente para a TV. O filme é simplesmente imperdível, vale muito à pena assisti-lo. Confira o trailer!

23 de novembro de 2015

Cilada


Harlan Coben em seu romance policial Cilada nos traz uma trama bem costurada. Contudo, tem um inicio moroso e difícil de adentrar à trama. Do meio pro final, a narrativa fica mais interessante e prende atenção do leitor. Uma linguagem clara e uma história coerente. Na narrativa, Haley McWaid tem 17 anos. É aluna exemplar, disciplinada, ama esportes e sonha entrar para uma boa faculdade. Por isso, quando certa noite ela não volta para casa e três meses transcorrem sem que se tenha nenhuma notícia dela, todos na cidade começam a imaginar o pior. Na junção dessas duas histórias está Wendy Tynes, a repórter que armou a cilada para Dan Mercer e que se torna a única testemunha de seu assassinato. Wendy sempre confiou apenas nos fatos, mas seu instinto lhe diz que Mercer talvez não fosse culpado. Agora ela precisa descobrir se desmascarou um criminoso ou causou a morte de um inocente. Nas investigações da morte de Dan e do desaparecimento de Haley, verdades inimagináveis são reveladas e a fragilidade de vidas aparentemente normais é posta à prova. Todos têm algo a esconder e os segredos se interligam e se completam em um elaborado mosaico de mistérios. O assistente social Dan Mercer recebe um estranho telefonema de uma adolescente e vai a seu encontro. Ao chegar ao local, ele é surpreendido pela equipe de um programa de televisão, que o exibe em rede nacional como pedófilo. Inocentado por falta de provas, Dan é morto logo em seguida. O tema é brilhantemente nos desvendado a cada momento. Para quem gosta do gênero, interessante a leitura.

20 de novembro de 2015

Piano a 4 mãos


Amanhã às 20h acontece o encerramento da Temporada 2015 do Centro de Música Brasileira (CMB) com um recital de piano a 4 mãos. A brasileira Sylvia Maltese e a italiana Paola Tarditi irão se apresentar na Sala Cultura Inglesado Centro Brasileiro Britânico, em Pinheiros. No repertório obras de Aylton Escobar, Mignone, Nilson Lombardi, Osvaldo Lacerda, Radamés Gnattali e Villa-Lobos. Formado pelas pianistas Paola Tarditi (italiana) e Sylvia Maltese (brasileira), o Duo Tarditi-Maltese estreou em 2001 por ocasião do Fare Festival em Pavia, Itália em um recital-conferência de Música Brasieira de Concerto: "Nacionalismo e Pós-Nacionalismo na Música Brasileira para piano a Quatro Mãos." A Temporada 2015 do Centro de Música Brasileira diversificou na variedade de compositores eruditos brasileiros, nos instrumentos, na região de cada músico e nas diferentes formações. O evento é gratuito. Confira, prestigie!

19 de novembro de 2015

Shrek Forever After


A animação Shrek Forever After ou Shrek para sempre (2010) tem uma história entediante e chata. Aliás, diga-se, perde muito o ritmo das histórias propostas anteriormente, parte da saga desse ogro pra lá de conquistador. Na narrativa, Shrek (Mike Myers) está entediado. Sua antiga vida de aventuras foi substituída pela de pacato pai de família. Casado com Fiona (Cameron Diaz) e pai de três filhos, Shrek sente falta da adrenalina e da liberdade que tinha no passado. Para recuperá-los, ele firma um pacto com Rumpelstiltiskin (Walt Dohrm). Imediatamente Shrek é levado a uma versão alternativa do Reino de Tão, Tão Distante, onde Fiona é uma temível ogro e ele não é mais reconhecido pelo Burro (Eddie Murphy) e o Gato de Botas (Antonio Bandera), seus melhores amigos. Como curiosidade, a música "Rumpel's Party Palace", presente na festa rave com as bruxas, é uma versão remixada de "Fuga em Sol Menor", de Johann Sebastian Bach. Assista o trailer.

18 de novembro de 2015

Sweet Home Alabama


A comédia romântica Sweet Home Alabama ou Doce lar (2002) tem uma estrutura de roteiro clássica e enredo-base bem definido. A história não surpreende e por vezes é óbvia, mas entretem e cumpre o objetivo do gênero proposto. Na narrativa, decidida a fugir de Jake (Josh Lucas), seu marido, Melanie (Reese Whiterspoon) deixa o Alabama e passa a viver secretamente em Nova York. Lá ela conhece Andrew (Patrick Dempsey), filho da atual prefeita Kate Hennings (Candice Bergen) com quem começa a namorar. Tudo corre bem na vida de Melanie até que Andrew decide pedi-la em casamento. Ela aceita o pedido, mas precisa retornar ao Alabama o mais rápido possível para conseguir o divórcio com seu atual marido. Mas ao voltar Melanie precisará mais uma vez confrontar seu passado, do qual buscava tanto fugir. Confira o trailer!

17 de novembro de 2015

The Love Punch


Com uma história previsível, The Love Punch ou Um plano brilhante (2013) tem a participação de Pierce Brosnan e Emma Thompson em suas atuações convincentes. A narrativa é mediana sem grandes reviravoltas ou surpresas. Na trama, Richard (Pierce Brosnan) está prestes a se aposentar, mas perde todo seu dinheiro, investido ao longo da vida inteira, para um jovem investidor francês, inescrupuloso. Sua ex-mulher, Kate (Emma Thompson), com quem vive uma relação de amor e ódio, bola, então, um plano para “recuperar” o dinheiro. Eles terão que viajar para Paris e tentar roubar uma valiosa joia, da noiva do empresário em questão. Para isso, vão contar com a ajuda do casal de amigos vividos pelos atores Timothy Spall e Celia Imrie, em uma série de trapalhadas. Assista o trailer.


16 de novembro de 2015

Liene Bosquê


A artista visual brasileira Liene Bosquê radicada nos Estados Unidos, retratou em três exposições a relação entre Nova York e a memória daqueles que são de outros países. Depois de Os Gêmeos e Romero Britto, outros artistas brasileiros alcançam espaços mundialmente conhecidos nos EUA, e Liene é uma delas. Formada em arquitetura no Brasil, a artista mostra em suas obras a importância dos edifícios históricos para a cidade. Celebra especialmente Nova York. Na obra Recollections, exposta no MoMa, Liene mostrou miniaturas de edifícios que ela colecionou durantes suas viagens pelo mundo. Além de prédios em Portugal e miniaturas de edifícios da Itália, Espanha, Marrocos, Egito, entre outros destinos. Bosquê também estreou exposição individual em Nova York, a Dismissed Traces, que foi até 14 de novembro. Além das duas exposições, a artista apresenta ainda a performance itinerante e a instalação Collecting Impressions, na sexta edição do Peekskill Project, região metropolitana de Nova York, até 31 de dezembro. Ela está fazendo barulho, então, quem tiver passando pela América, que tal uma visita à belas artes? Fica a dica!

13 de novembro de 2015

White Palace


O drama americano White Palace ou Loucos de paixão (1990) tem uma excelente história. Trata-se de um drama profundo mesmo em suas nuances. Há bons plots e boas abordagens de tema. É verossímil e tem um final assertivo. Na narrativa, Max Baron (James Spader) é um jovem yuppie que trabalha como executivo em uma agência de publicidade e que tem um grande trauma: a morte recente de sua esposa. Numa lanchonete ele discute com a balconista Nora Baker (Susan Sarandon), quarentona e desleixada, também marcada por uma morte recente em sua família. Na mesma noite Max reencontra Nora, agora em um bar, e ela acaba levando-o para casa. Surge então entre eles um relacionamento quente, que começa a se complicar quando Max decide apresentar Nora aos seus amigos. Confira o trailer!

12 de novembro de 2015

Side Effects


Com um tema importante, a película Side Effects ou Terapia de risco (2013) tem uma trama com um emaranhado de conflitos interligados que aumenta o drama, tornando-o envolvente. O final surpreende. A narrativa gira em torno da jovem Emily Hawkins (Rooney Mara), que acaba de ver o marido (Channing Tatum) ser libertado da prisão por um crime de colarinho branco. Mesmo aliviada, Emily tem crises de depressão e busca a ajuda de medicamentos prescritos para conter a ansiedade. Ela também busca amparo num tratamento psicológico, lidando com  profissionais (Jude Law e Catherine Zeta-Jones). O tratamento, por mais que comece de forma positiva, vai gerar consequências inesperadas na vida da jovem. Confira o trailer!



11 de novembro de 2015

La mafia uccide solo d'estate


Á película italiana La mafia uccide solo d'estate ou A máfia só mata no verão (2013) tem uma história que não empolga a audiência. Há muito voice over, até justificáveis em determinadas situações, mas que deixa a história enfadonha apesar do ritmo regular da narrativa. Contudo, há de se notar uma direção de arte e fotografia bem peculiar. Na trama, crescer e amar na cidade de Palermo, reduto da Máfia. Um conto de 20 anos sobre as tentativas de Arturo de conquistar o coração da sua amada, Flora, uma amiga que conheceu na escola primária e que ainda hoje considera a princesa dos seus sonhos. É neste cenário terno e por vezes divertido que se desenrola esta crônica siciliana entre os anos 70 e 90, com certeza uma maneira nova e improvável de retratar a Máfia. Confira o trailer!

10 de novembro de 2015

Debora Muszkat


E quem disse que vidro não pode ser uma bela referência arte? A artista brasileira Debora Muszkat, graduada em Artes Plásticas pela Fundação Armando Álvares Penteado/FAAP, trabalha com vidro desde 1984. Desenhista e pintora, ela é apaixonada por esse material. O contato com o vidro permite a Debora exercer um olhar e atitude de recicladora. O movimento esta registrado em seus desenhos e pinturas, assim como nos vidros que transitam entre o liquido e solido. Seu atelier é um verdadeiro laboratório de pesquisa na transformação deste material. Além disso, ela cria alternativas de inclusão social, sustentabilidade, conscientização e educação. A sua obra mais famosa é a bola de vidro. Aqui, nessa imagem, uma belíssima aranha em que a artista revela uma coleção de peças e utilitários realizadas com o Coletivo DE10 (ex- alunos do “Projeto Aprendiz”). São luminárias, vasos, fruteiras, e diversos utilitários como pratos, copos, canecas, moringas, recipientes para temperos, tachos, petisqueiras, apoiadores de talheres, porta-copos e mexedores de vidro. Uma criatividade impar!

9 de novembro de 2015

The Secret Life of Walter Mitty


A comédia dramática The Secret Life of Walter Mitty ou A vida secreta de Water Mitty (2013) tem uma história mediana. Mas há uma bela direção e fotografia jamais esperada para tal tipo de gênero. Na trama, Walter Mitty (Ben Stiller) é o responsável pelo departamento de arquivo e revelação de fotografias da tradicional revista Life. Ele é um homem tímido, levando uma vida simples, perdido em seus sonhos. Ao receber um pacote com negativos do importante fotógrafo Sean O'Connell (Sean Penn), ele percebe que está faltando uma foto. O problema é que trata-se justamente da foto escolhida para ser a capa da última edição da revista. É quando, Walter, com o apoio de Cheryl (Kristen Wiig) é obrigado a embarcar em uma verdadeira aventura. Veja o trailer!

6 de novembro de 2015

Winter's Tale


O drama Winter's Tale ou Um conto do destino (2014) tem uma história que cativa, emociona e envolve já nos primeiros minutos da trama. O roteiro é bem estruturado. Os diálogos são excelentes. Há bons figurinos e produção primorosa da época. A trilha sonora é delicada. Um filme que não se pode deixar de assistir, diria. Na narrativa que é baseada em um romance literário, se desenvolve tanto na Manhattan dos dias atuais quanto no século XIX. Durante um inverno rigoroso, Peter Lake (Colin Farrell), um mecânico irlandês, decide roubar uma imensa mansão, fechada como uma fortaleza. Ele tem certeza que a casa está vazia, mas acaba encontrando uma garota (Jessica Brown Findlay) no interior. Quando ele descobre que ela está prestes a morrer, nasce uma história de amor entre os dois. Confira no trailer!

5 de novembro de 2015

Ruby Sparks


A comédia romântica Ruby Sparks ou Ruby Sparks - a namorada perfeita (2012) tem uma boa história. Sem falar no excelente desenvolvimento dela. Os dilemas e conflitos são bem criativos e assertivamente apresentados a audiência. O final é bem elaborado. Na narrativa, o romancista Calvin (Paul Dano) sofre com perturbador bloqueio criativo que atrapalha o desenvolvimento de seu último livro. Com problemas também em sua vida pessoal, começa a criar uma personagem feminina poderia se apaixonar por ele. Daí nasce Ruby Sparks (Zoe Kazan), que inicialmente é uma personagem dentro de uma história, mas que pouco depois ganha vida e passa a conviver e se relacionar com Calvin pessoalmente. A película é dos mesmos diretores da comédia independente Pequena Miss Sunshine, indicada ao Oscar de Melhor Filme. Assista o trailer!

4 de novembro de 2015

Os 12 trabalhos


A película brasileira Os 12 trabalhos (2006) tem uma história despretensiosa com a narrativa e ritmos lento, mas direção fluída. Os diálogos são precisos e introduz a audiência no mundo do personagem com verossimilhança. A trilha sonora é bem elaborada. Na trama, Heracles é um jovem negro, que vive na periferia de São Paulo e que gosta de desenhar. Há 2 meses ele deixou a Febem e agora procura uma ocupação. Por indicação de seu primo Jonas, Heracles passa a trabalhar como motoboy. Em seu período de experiência ele precisa realizar 12 tarefas pela cidade de São Paulo. Para realizá-las Heracles precisa lidar com o preconceito, a burocracia e sua própria falta de malícia no novo serviço. O filme foi exibido na mostra Première Brasil, do Festival do Rio 2006. Como curiosidade, o diretor Ricardo Elias se inspirou no mito de Héracles para desenvolver a história. Assista o trailer!

3 de novembro de 2015

Death Becomes Her


Com excelente ideia original, Death Becomes Her ou A morte lhe cai bem (1992) é sempre um clássico! A temática é bem desenvolvida e o roteiro tem ritmo. Com um elenco de peso, a película tem um humor refinado e o final é brilhante. Na narrativa, uma famosa atriz egocêntrica (Meryl Streep) rouba de uma aspirante a escritora (Goldie Hawn) o noivo (Bruce Willis), um famoso cirurgião plástico. A noiva rejeitada se torna extremamente complexada e gorda, mas após 14 anos ela lança o livro "Eternamente Jovem" e, na noite de autógrafos, está mais linda do que nunca. Despertando a atenção de todos, principalmente da atriz que, sentindo-se cada dia mais velha, acaba indo se consultar com uma mulher sensual, bela e misteriosa (Isabella Rossellini), que tem uma poção da juventude que proporciona resultados inimagináveis. Ao bebê-la, ela fica jovem outra vez e descobre que sua rival também é cliente da feiticeira. Inicialmente elas começam a brigar pelo médico, mas logo as duas estão preocupadas e, de certa forma, unidas contra um terrível efeito colateral. Uma curiosidade: durante a gravação da cena de luta entre as personagens Madeline e Helen, Meryl Streep acidentalmente fez uma cicatriz na face de Goldie Hawn. Confira o trailer!

2 de novembro de 2015

Feriado!!!!


30 de outubro de 2015

Bernard and Doris


A biografia canadense Bernard and Doris ou Bernad e Doris (2006) nos apresenta uma história gentil, interessante e verossímil. Sem contar com as excelentes atuações de Susan Sarandon e Ralph Fiennes. Na narrativa, livremente baseada na vida de Doris Duke (1912-1993), milionária herdeira de uma indústria de tabaco, e seu tímido mordomo Bernard Lafferty. A gélida, porém jovial Doris, demite seu mordomo por ele ter servido uma fatia de melão ruim. A agência de mordomos então envia Lafferty, um rapaz experiente no ofício que já havia trabalhado com Elizabeth Taylor e Peggy Lee. Alcoólotra, ele acabou de sair da reabilitação. Ainda assim Doris fica com ele, transformando-o em seu alter ego gay. Mas o tempo faz com que o relacionamento entre eles se torne paixão. Confira o trailer!

29 de outubro de 2015

Charlie and the Chocolate Factory


Com uma produção encantadora, a fantasia americana Charlie and the Chocolate Factory ou A fantástica fábrica de chocolate (2005) tem o inicio de sua história muito morosa. Os personagens são clichês e há um didatismo na trama. Por outro lado, o filme tem bons efeitos especiais e uma excelente direção de arte. A música conversa com a aventura e isso é um ponto positivo da obra. Na narrativa, Willy Wonka (Johnny Depp) é o excêntrico dono da maior fábrica de doces do planeta, que decide realizar um concurso mundial para escolher um herdeiro para seu império. Cinco crianças de sorte, entre elas Charlie Bucket (Freddie Highmore), encontram um convite dourado em barras de chocolate Wonka e com isso ganham uma visita guiada pela lendária fábrica de chocolate, que não era visitada por ninguém há 15 anos. Encantado com as maravilhas da fábrica, Charlie fica cada vez mais fascinado com a visita. Algumas curiosidades: a Nestlé providenciou 1850 barras de chocolate verdadeiro para os sets de filmagens, nisso, foram usados 206.563 galões de chocolate falso para compôr o rio de chocolate.  Em entrevistas, Johnny Depp declarou que se inspirou na fase de reclusão do diretor Howard Hughes e também no glamour dos astros de rock dos anos 70 para compôr o personagem Willy Wonka. Confira o trailer!

28 de outubro de 2015

Separate Lies


O drama/ romance do Reino Unido Separate Lies ou Mentiras Sinceras (2005) é um filme monótono e sem grandes picos ou pontos de virada, mas com um dilema bem delineado e claro. Um pouco frio, a trama não emociona ou envolve a audiência. Na história, James (Tom Wilkinson) e Anne Manning (Emily Watson) aparentemente tem o casamento perfeito. Eles vivem em Londres, próximo ao trabalho de James, e também possuem uma casa de campo no interior. James acredita que a vida do casal é feliz e completa, até descobrir o envolvimento de sua esposa com Bill Bule (Rupert Everett). É nesse filme que Julian Fellowes estreia como diretor. Veja o trailer!

27 de outubro de 2015

Adore


O drama francês/ autraliano Adore ou Amor sem pecado (2013) tem uma bela fotografia que convida a audiência a entrar na trama seduzido, no mínimo, pelas belas combinações de cores que tem na película. Além disso, as passagens do tempo são feitas com primor e delicadeza. A narrativa tem uma abordagem interessante e inusual, aliás, uma boa surpresa. A escolha do elenco é perfeita. Enfim, um filme com excelente história e, inclusive, direção. Na narrativa, duas amigas, que se conhecem há décadas, acabam se apaixonando pelos filhos uma da outra. Ambas têm grandes problemas pela frente, já que os jovens homens são casados. Como curiosidade, é bom que se diga que os sinais de envelhecimento das personagens não foram adicionados com efeitos especiais, mas com uma simples maquiagem. Confira no trailer!

26 de outubro de 2015

Prisoners


Com bons personagens e plots crescentes, a película Prisioners ou Os suspeitos (2013) prende a atenção da audiência do inicio ao fim. A história é boa e tem direito a um belo suspense, e, diga-se, até o final da película. Na trama: Boston, Estados Unidos. Keller Dover (Hugh Jackman) leva uma vida feliz ao lado da esposa Grace (Maria Bello) e os filhos Ralph (Dylan Minnette) e Anna (Erin Gerasimovich). Um dia, a família visita a casa de Franklin (Terrence Howard) e Nancy Birch (Viola Davis), seus grandes amigos. Sem que eles percebam, a pequena Anna e Joy (Kyla Drew Simmons), filha dos Birch, desaparecem. Desesperadas, as famílias apelam à polícia e logo o caso cai nas mãos do detetive Loki (Jake Gyllenhaal). Não demora muito para que ele prenda Alex (Paul Dano), que fica apenas 48 horas preso devido à ausência de provas contra ele. Alex na verdade tem o QI de uma criança de 10 anos e, por isso, a polícia não acredita que ele esteja envolvido com o desaparecimento. Entretanto, Keller está convicto de que ele tem culpa no cartório e resolve sequestrá-lo para arrancar a verdade dele, custe o que custar. Como curiosidade: para manter a atmosfera assustadora da trama, o chefe de decoração Patrice Vermette optou por cores suaves, pouco chamativas. Além disso, o compositor Jóhann Jóhannsson buscou reproduzir o percurso emocional dos personagens com músicas repletas de instrumentos pouco conhecidos. Vamos combinar que um filme com 32 nominações a prêmios e 10 premiações efetivas, temos que esperar aquele filmaço, não?! Confira no trailer!

23 de outubro de 2015

The Five-Year Engagement


Inteligente, leve e deliciosa de se ver, a comédia romântica norte-americana The Five-Year Engagement ou Cinco anos de noivado (2012) tem bons diálogos e personagens em sua narrativa. O final parece óbvio, mas surpreende pela criatividade de como se deu o desfecho e foi concluída a história. Na trama, Violet (Emily Blunt) e Tom (Jason Segel) vivem uma linda história de amor. O único detalhe é que eles nunca conseguem marcar o dia do casamento. Se numa hora eles marcam, alguma coisa acontece e a cerimônia precisa ser adiada. Com isso, já se vão mais de quatro anos de noivado e a família não para de cobrar uma solução para o enlace dos dois pombinhos. Perto de completar cinco anos, tudo está certo para o tão aguardado casamento e agora nada mais pode dar errado. Será que nada mesmo? Confira o trailer!

22 de outubro de 2015

Eine ganz heiße Nummer


A comédia alemã Eine ganz heiße Nummer ou Um número muito quente (2011) carrega consigo um tom de equilíbrio e assertividade na comicidade da história. Uma narrativa simples, com muita ironia e deliciosa de se assistir. A trilha sonora contribui para dar o tom do gênero ao se entrelaçar por completo em meio a história. Na trama, que se passa na Baviera, três amigas iniciam um negócio clandestino de sexo por telefone para conseguir dinheiro e evitar o fechamento de seu pequeno mercado. Mas em uma cidade tão pequena, elas vão precisar esconder suas aventuras a todo custo. A película ganhou dois prêmios: Melhor Atriz para Bettina Mittendorfer no Bavarian Film Award, e, Melhor Atriz em Comédia para Gisela Schneeberger no DSP Award. Confira o trailer!

21 de outubro de 2015

Homenagem ao compositor Nilson Lombardi


No próximo dia 24, acontecerá uma homenagem ao grande compositor Nilson Lombardi com o pianista Fábio Luz. Além de obras do compositor homenageado o pianista interpretará Antonio Ribeiro, Guilherme Bernstein e Osvaldo Lacerda. Aos desavisados, Nilson Lombardi trabalhou  na composição com Camargo Guarnieri. Em 1960 venceu o Concurso de Composição Musical para Piano com o Ciclo Miniatura. Em 1984, participou da fundação do Centro de Música Brasileira.



Já Fábio Luz é considerado pela crítica internacional como um dos melhores intérpretes da sua geração. Ganhou vários prêmios como: Primeiro Prêmio do Concurso Nacional da Bahia em 1977, seguido do Prix International Debussy na França em 1978, ao Prêmio da Associação Paulista de Críticos de Arte – “Melhor Recital do Ano”. Um luxo! Essa é uma iniciativa do CMB que já realizou 308 apresentações em São Paulo, e um total de 47 em cidades do interior dos Estados de São Paulo e Minas Gerais, além, é claro de promover concursos de interpretação. Quem quiser conferir o espetáculo, ele começa às 20 no na Sala Cultura Inglesa do Centro Brasileiro Britânico, em Pinheiros. Vale à pena prestigiar o que é nosso!